Fim do Super El Niño e começo do La Niña: Inmet alerta para mudanças

O super El Niño, que ganhou força ano passado e causou transtornos climáticos em todo o mundo, pode ter finalmente terminado

O Inmet informou que o fenômeno enfraqueceu e não é mais registrado

O Inmet informou que o fenômeno enfraqueceu e não é mais registrado

O El Niño estava sendo observado desde junho de 2023 e causou uma elevação das temperaturas do  Oceano Pacífico Equatorial

Como consequências, as regiões Norte e Nordeste do Brasil registraram secas históricas, enquanto o Sul sofreu com um volume mais de chuvas

Já o La Niña é o oposto do El Niño e representa um resfriamento anômalo das águas superficiais do oceano Pacífico Equatorial

Esse fenômeno também desencadeia mudanças nos padrões atmosféricos e oceânicos, afetando o clima global

Gostou? Arrasta pra cima e veja mais

Gostou? Arrasta pra cima e veja mais