De acordo com um relatório divulgado nesta segunda-feira, 23, pela Microsoft, a diversidade de sua equipe total de funcionários continua enfrentando obstáculos para crescer. A empresa tem diminuído o número de vagas na produção de hardware global e as mulheres têm sido as principais prejudicadas.

Em setembro de 2014, 29% dos funcionários nas fábricas da Microsoft eram mulheres. Já o relatório divulgado esta semana revela que essa porcentagem caiu para 26% em setembro deste ano. Por conta disso, a gerente de diversidade e inclusão global da companhia, Gwen Houston, admitiu a deficiência.

publicidade

“Não estamos satisfeitos com nossa posição atual no que se refere à porcentagem de mulheres em nossa força de trabalho”, declarou a executiva. “Nossos líderes continuam profundamente comprometidos a fazer o possível para aumentar esses números.”

Apesar disso, a Microsoft trabalha de outras formas para melhorar seus índices de diversidade. Em suas fábricas, mulheres são maioria entre os funcionários, com 57% das vagas – no ano passado, esse número era de 60%. Além disso, 27% dos cargos de chefia na companhia são ocupados por mulheres, que também compõem 30% das novas contratações feitas no último ano.

A Microsoft também garante que, apenas nos Estados Unidos, o número de funcionários negros, asiáticos e latinos viu um crescimento “modesto” no último ano. A empresa, porém, não revelou números a esse respeito.

Via Microsoft Blog