EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O MEF (Metro-Ethernet Forum), órgão que difunde padrões e práticas para as redes Carrier Ethernet, deu, pela primeira vez, certificados 100 G para CE2.0 para seis fabricantes ao redor do mundo, que são: Alcatel-Lucent, Ciena, Cisco, Coriant, Huawei e Infinera.

Esses fabricantes terão a sua rede com taxa de transferência aumentada para 100 GB por segundo, o que fará com que fiquem dez vezes mais rápidas. O certificado só foi concedido depois de as empresas passarem por testes extensivos que mostraram que elas suportam conexões CE2.0 de alta velocidade tanto na internet quanto nos sistemas de nuvem.

publicidade

O MEF já havia anunciado em maio de 2015 que iria estender o Programa de Certificação de Carrier Ethernet na Versão 2.0 para que equipamentos de rede pudessem fornecer serviços E-Line e E-Access de até 100 Gbps.

O diretor de operações da MEF, Kevin Vachon, parabenizou as empresas que conseguiram o certificado e explicou que isso permitirá que eles trabalhem com as aplicações mais avançadas baseadas em padrões, como conexões de centros de dados. Isso, a médio prazo, deverá contribuir para o fornecimento de serviços em nuvem altamente escaláveis e dinâmicos, baseados em redes orquestradas, automatizadas e conectadas com LSO, SDN e NFV.