EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Um estudo divulgado nesta quarta-feira, 24, pelo site extreamist, lista os melhores e os piores países para assinantes da Netflix. O catálogo de programas do serviço de streaming varia de acordo com a localização do usuário, podendo chegar a menos da metade do que o total disponível.

A pesquisa buscou informações de diversos bancos de dados que listam o número de títulos disponíveis na Netflix de acordo com suas regiões. As informações foram obtidas no dia 22 de fevereiro. Confira os resultados:

publicidade

10 países com mais conteúdo

1. Estados Unidos – 5.750 títulos

2. Guiana Francesa – 4.513 títulos

3. Benin – 3.633 títulos

4. Jamaica – 3.576 títulos

publicidade

5. República Dominicana – 3.523 títulos

6. Haiti – 3.516 títulos

7. Honduras – 3.516 títulos

8. El Salvador –  3.515 títulos

9. Nicarágua – 3.515 títulos

10. Peru –  3.509 títulos

Segundo o estudo, alguns países da América do Sul e Central aparecem na lista devido aos baixos custos de distribuição, o que ajuda a ampliar a oferta nas regiões. Nenhum país europeu aparece na lista, devido a complicações nos direitos de transmissão no continente. Por lá, a Netflix enfrenta complicações e tenta funcionar como um provedor de conteúdo de terceiros.

10 países com menos conteúdo

1. Mauritânia – 543 títulos

2. Hong Kong – 526 títulos

3. Sudão – 523 títulos

4. Taiwan – 520 títulos

5. Comores – 518 títulos

6. Eritrea – 512 títulos

7. Angola – 391 títulos

8. Tailândia -304 títulos

9. Albânia – 233 títulos

10. Marrocos – 157 títulos 

Brasil
O Brasil aparece na lista como 30º colocado, com 2.234 títulos. Confira os 40 melhores países para ser assinante do serviço de streaming:
 Reprodução