EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Um grupo de astrofísicos conseguiu registrar pela primeira vez a explosão de uma estrela, e a NASA se encarregou de publicar uma animação que recria o acontecimento; confira abaixo.

publicidade

O vídeo mostra a estrela, que tem um tamanho 500 vezes maior que o sol. Após o combustível termonuclear ser queimado, a estrela é destruída pela força de gravitação. A explosão resultante, chamada de “shock breakout”, foi 130 milhões de vezes mais brilhante que o Sol. 

Os dados foram registrados no observatório Kepler em 2011 e a equipe de pesquisadores dedicou três anos para estudar os casos. Após a primeira etapa da missão ter terminado em 2013, a NASA pretende agora seguir uma segunda em busca de supernovas.

As pesquisas que envolvem essa área podem desvendar grandes assuntos sobre o planeta e o meio ambiente. Isso porque quanto estrelas explodem dessa maneira, elas enviam grandes quantidades de metais pesados para outras regiões do universo. 

Via The Verge.  

publicidade