EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Pesquisadores do Korea Advanced Institute of Science & Technology se inspiraram nos vagalumes para criar luzes de LED 60% mais brilhantes e com um ângulo de iluminação até 15% maior. “Este trabalho relata a primeira observação de estruturas hierárquicas , ou seja, microestruturas inclinadas com nanoestruturas existentes nas ultraestruturas cuticulares de lanterna de um vagalume”, explica um dos pesquisadores.

Isso significa que as lentes do painel são inspiradas nas estruturas dos insetos, que é composta de camadas dentro de camadas, responsáveis pela redução do nível de refração entre a saída de luz e o ar. Na prática, a iluminação é mais poderosa.

publicidade

 

Reprodução

“Descobrimos que as estruturas assimétricas e hierárquicas contribuiem substancialmente para a extração eficiente de iluminação e para um aumento do ângulo da luz bioluminescente, que de outra forma seria aprisionado na dentro do vagalume. Esse conhecimento será utilizado na próxima geração de telas OLED”.

Os pesquisadores afirmam que estão procurando um parceiro industrial para iniciar a produção da tecnologia.

publicidade

 

Via Phys.org