EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Um hacker está vendendo na Deep Weeb 117 milhões de credenciais de usuários do LinkedIn por 5 bitcoins, cerca de US$ 2,2 mil. A transação foi anunciada em um mercado ilegal chamado ‘The Real Deal’. O hacker, apelidado de Peace, afirmou que as informações vem de uma invasão na plataforma que aconteceu em 2012.

Ele explica que embora a maioria das senhas sejam criptografadas no site, mais de 90% delas já foi quebrada.

publicidade

Apesar de o LinkedIn não ser uma plataforma onde há informações críticas, como dados bancários salvos, mas é importante lembrar que diversos usuários usam a mesma senha em diversas contas, o que torna o vazamento desses dados potencialmente prejudicial.

Via TheNextWeb