EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A popularização dos bots cresce a cada dia e novos robôs virtuais são criados para as mais diversas funções. Exemplo disso é o Zak, o primeiro bot DJ do Facebook Messenger. Para utilizá-lo basta acessar esse link e começar a conversa. 

Criado pelos brasileiros da Superplayer o robô funciona no aplicativo de mensagens da rede social por meio do Superplayer, um serviço de recomendação de músicas baseado nas preferências e no comportamento dos usuários. Assim, basta digitar uma banda, música ou estilo musical que o serviço envia uma resposta com o que ele encontrou na biblioteca musical do serviço de streaming com aquele termo.

publicidade

Fizemos um teste e o serviço não decepcionou ao enviar uma sugestão de uma canção do grupo que pesquisamos. Também buscamos pelo termo “pagode” e fomos respondidos com diversas sugestões de playlists que vão desde de “PagoFunkNejo” até “Trilhas sonoras de novelas”.

Reprodução

 

O serviço tem suas particularidades. A maior desvantagem é que ele ainda não conta com uma grande biblioteca musical. Pesquisamos por bandas menos conhecidas, como Cueio Limão e Aliados e não foram encontrados registros. Por outro lado, o bot é suficientemente inteligente para realizar buscas mesmo quando o nome de uma banda é escrito de forma errada. Vale destacar que ele funciona no idioma português.

publicidade

De acordo com a empresa que criou a novidade, o produto está em constante atualização para trazer mais mídias e entender solicitações mais complexas dos usuários, como “Quais são as 10 músicas mais tocadas em São Paulo” ou “Monte uma playlist com músicas dos Beatles e dos Rolling Stones”.

De acordo com Gustavo Goldschmidt, CEO da empresa, os bots deverão substituir os aplicativos em pouco tempo. “Acreditamos que que isso ocorrerá ao longo dos próximos 5 anos”, afirma. Segundo ele, os assistentes pessoais virtuais agragam conveniência e não ocupam espaço na memória do telefone já que suas interfaces são simples e comandadas por texto ou voz.

Além disso, Goldschmidt também conta que pretende deixar o Zak ainda mais inteligente no futuro. O plano é possibilitar que o bot traga também notícias de artistas e novidades do mundo da música para os usuários, tudo de acordo com as preferências musicais deles.