EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Um hacker russo afirma ter obtido milhões de senhas de usuários do Twitter e está tentando vender as informações por 10 bitcoins, o que, neste momento, daria cerca de R$ 19,5 mil.

De acordo com a ZDNet, o hacker, identificado como Tessa88, conseguiu um banco de dados contendo endereços de e-mail (em alguns casos, dois endereços), nomes de usuário e senhas textuais.

publicidade

Tessa88 diz ter informações de 379 milhões de tuiteiros, número superior aos 310 milhões de usuários ativos mensais do Twitter. Analistas da LeakedSource tiveram acesso aos dados, porém, e cortaram a quantidade para 32 milhões, porque havia informações duplicadas.

Os analistas também afirmaram que não parece ter ocorrido alguma falha no Twitter. Até porque as senhas aparecem em texto, e não codificadas, como geralmente acontece em casos de invasões a banco de dados.

“A explicação para isso é que dezenas de milhões de pessoas foram infectadas por malware, e o malware enviou cada nome de usuário e senha de navegadores como Chrome e Firefox para os hackers a partir de todos os sites, incluindo o Twitter.”

Eles testaram informações referentes a 15 usuários e comprovaram que o vazamento de fato dá acesso às contas. Os nomes de três funcionários da ZDNet constam na lista; dois deles atestaram a veracidade dos dados, enquanto o terceiro, embora tenha reconhecido o e-mail vazado, disse que o endereço não é usado no Twitter.

publicidade