EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Mais um concorrente da Uber começou a operar no Brasil nesta semana. Depois do Cabify, o novo nome a disputar o mercado de transporte privado solicitado pelo celular é o Bluclub. O serviço, um pouco diferente do rival mais famoso, é destinado a usuários de alto poder aquisitivo.

Uma das principais diferenças é o modelo de cobrança. O Bluclub oferece pacotes de quilometragem para quem quiser contratar um mesmo motorista para rotas regulares, como de casa para o trabalho, sempre na mesma faixa de horário – em vez de solicitar quando quiser e onde quiser, como a Uber.

publicidade

Por enquanto, há quatro opções de contrato. O pacote de 18 quilômetros custa R$ 90, enquanto o de 40 quilômetros sai por R$ 180, o de 80 quilômetros sai por R$ 340 e o de 300 quilômetros custa R$ 1.200. Além disso, os veículos oferecidos pela empresa são todos blindados.

De acordo com o Bluclub, a relação com os motoristas também é diferente. Em vez de parceiros sem vínculo empregatício, como acontece na Uber, os seus motoristas são funcionários contratados e regularizados pela CLT, com salário fixo e bônus mensal com base na avaliação dos passageiros.

Para ser motorista do Bluclub, entre outras exigências, o interessado deve ter treinamento em direção defensiva. Já para ser usuário do serviço, é preciso receber um convite, enviado para quem estiver em uma lista de espera que pode ser solicitada pelo site da empresa.

Por enquanto, os carros blindados do Bluclub só circulam por Rio de Janeiro e São Paulo. O aplicativo, disponível apenas para quem já tem o convite, tem versões para Android e iOS.

publicidade