EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Os brasileiros são os internautas que menos utilizam os ad blockers. Segundo o levantamento Digital News Report 2016, realizado pelo Instituto Reuters junto com a Universidade de Oxford, somente 21% utilizam bloqueadores de anúncio.

Essa é uma das menores taxas registradas, sendo que o Brasil ocupa o 19º lugar entre 26 países, junto com a Alemanha e República Tcheca. O Japão é o que menos utiliza os bloqueadores, com uma taxa de 10%, enquanto a Polônia lidera com 38%.

publicidade

Porém, os índices nacionais podem ser menores do que os registrados, pois a pesquisa levou em conta somente os centros urbanos do país e que, por sua vez, possuem mais acesso à internet. Além disso, os demais países pesquisados foram analisados por completo.

O Brasil ainda ocupa o terceiro lugar entre os países com mais internautas que pagam pelo acesso às notícias (22%), ficando atrás da Noruega e Turquia, ambas com 27%.

Os jornais e sites de notícia passaram a utilizar a publicidade online e conteúdo exclusivo para assinantes para conseguir competir financeiramente como o Google e as redes sociais, que se transformaram em plataformas de informação. Tanto que empresas de comunicação europeias e norte-americanas vêm adotando barreiras para estimular a desativação dos bloqueadores pelos usuários.

A pesquisa revela que o Facebook se destacou como plataforma para o consumo de informação: 51% dos internautas afirmam usar a rede social como fonte de notícia semanalmente.

publicidade