Uma pesquisa divulgada nesta semana afirma que vai demorar bastante tempo até que consigamos manter contato com seres extraterrestres. De acordo com o estudo, desenvolvido pelos astrônomos Evan Solomonides e Yervant Terzian, será necessário esperar mais 1.500 anos para que as transmissões de rádio da Terra atinjam cerca de metade da Via Láctea, o que aumenta as chances de conversar com ETs.

“Na verdade, é improvável que a Terra esteja sendo alcançada por uma comunicação extraterrestre neste momento. Nós estimamos que menos de 1% da galáxia foi alcançada até agora, e não esperamos atingir metade das estrelas e planetas antes dos próximos 1.500 anos”, explicam os pesquisadores.

publicidade

A teoria defendida pelo estudo se baseia no Paradoxo de Fermi, que considera que existam de bilhões de planetas semelhantes à Terra, com a presença de vida, que, por alguma razão, não foram encontrados ainda.

De acordo com os cálculos dos astrônomos, levando em consideração a idade da galáxia, existem menos de 210 civilizações inteligentes dentro da Via Láctea. Os seres humanos são, provavelmente, um dos primeiros a desenvolver as ondas de rádio, por isso, podemos ter que esperar pelos outros.

Via TechInsider