EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Não é só no Brasil que os cantores e músicos estão prestes a entrar em guerra contra o YouTube. Nos Estados Unidos, um grupo composto por gravadoras e artistas, incluindo os integrantes do U2 e Taylor Swift, publicou uma carta aberta ao congresso afirmando que a plataforma de vídeos do Google e outros serviços semelhantes “ameaçam a viabilidade de sobrevivência dos compositores e intérpretes”. O grupo também vai veicular a carta em forma de anúncio em publicações políticas do país nesta semana.

A reclamação é de que o Google não está pagando o suficiente para o uso da música e que o YouTube não oferece a possibilidade de eles escolherem como a música é usada. O YouTube, por sua vez, argumenta que gera bilhões de dólares para a indústria da música e que criou ferramentas sofisticadas que tornam mais fácil para os proprietários das músicas controlarem suas obras .

publicidade

Questionados sobre o fato de muitos artistas terem usado a plataforma a seu favor, um dos responsáveis pela carta explica: “Não é só o dinheiro. É o controle e o que deixaremos para trás no futuro”.

Via Re/Code