EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O Google divulgou nesta quarta-feira, 13, uma nova edição de seu relatório de combate à pirataria, documento que mostra como a empresa está trabalhando para combater a pirataria online. “Levamos a proteção da criatividade a sério e estamos auxiliando no combate a infrações de direitos autorais”, explica a empresa.

Conteúdo legítimo
De acordo com o relatório, a melhor maneira de combater a pirataria é oferecer o conteúdo legítimo aos usuários na plataforma. “A maioria das pesquisas relacionadas a conteúdo feitas diariamente pelas pessoas só inclui resultados legítimos”, explica o Google, afirmando que o sistema leva, em média, seis horas para remover algo impróprio ou que viole direitos autorais.

publicidade

Ferramentas

Um dos principais destaques do trabalho do Google para combater a pirataria é o Content ID, uma ferramenta que permite aos donos do conteúdo reivindicar seus direitos, acompanhar, bloquear ou monetizar os vídeos. Segundo a gigante de buscas, mais de 98% da manutenção dos direitos autorais usa essa ferramenta e apenas 2% dos usuários solicitam a remoção de conteúdo. Assim, a empresa afirma que já pagou mais de US$ 2 bilhões em direitos autorais aos proprietários.

A monetização de conteúdo é a escolha de mais de 95% dos autores de conteúdos da indústria da música, o que ajuda as obras a permanecerem na plataforma.”Mais da metade da receita da indústria musical no YouTube é gerada por conteúdo dos fãs reivindicado pelo Content ID”, conta a empresa.

Pagando para consumir
A empresa revela ainda que tem incentivado seus usuários a pagar pelo consumo de produtos como músicas, filmes, livros e aplicativos na Google Play, além do YouTube. “O Google Play já pagou mais de US$ 7 bilhões a desenvolvedores, enquanto o YouTube já encaminhou mais de US$ 3 bilhões para a indústria musical”, revela o documento.

Piratas
Em caso de comprovada a pirataria, o Google revela que a primeira medida tomada é o corte dos ganhos gerados. A companhia afirma que, assim que constatado, o conteúdo e o site é removido de todos os seus serviços.

publicidade