EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Nissan revelou nesta semana seu sistema de autocondução, o ProPilot. O piloto automático da japonesa é bastante parecido com o da Tesla, que se envolveu em um grave acidente há quase duas semanas. Ele usa uma câmera e um software de processamento de imagens para reconhecer os veículos e as placas da estrada. De acordo com a fabricante, o sistema é capaz de assumir o controle de aceleração, direção e frenagem. Com ele é possível atingir de 32 km/h a 96 km/h, mantendo uma distância segura em relação ao carro à frente.

Hideyuki Sakamoto, o vice-presidente executivo da Nissan, deixou claro que a tecnologia possui limitações. “Estas funções são destinadas a ajudar os motoristas, e não são entendidas como capacidades de auto-condução”, declarou.

publicidade

Reprodução

Assim como acontece com o sistema da Tesla, quando o motorista tira as mãos do volante, um aviso é exibido no painel. É preciso mantê-las em posição, tanto que, se não as colocar de volta, o sistema é desativado, o que obriga o motorista a voltar a prestar atenção total.

O sistema da Nissan estará disponível no Japão a partir de agosto. Ele vai funcionar em novos modelos da minivan Serena.

Via Technology Review

publicidade