EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O instituto de pesquisa GfK apresentou nesta semana, durante a feira de negócios e comércio Eletrolar Show, em São Paulo, uma pesquisa sobre o mercado de smartphones no Brasil. O estudo revelou que o preço médio dos celulares vendidos no país subiu quase 40% no início de 2016, em comparação com 2015.

Entre janeiro e maio deste ano, o preço médio de um smartphone vendido no Brasil circulou pela casa dos R$ 891. Já no mesmo período de 2015, essa média era de R$ 603: ou seja, quase R$ 300 mais baixa. Atualmente, esse valor médio já subiu para R$ 1.208 (nos aparelhos com conexão 4G).

publicidade

Segundo a GfK, uma junção de fatores justifica essa mudança: desvalorização do real frente ao dólar, o fim de isenções fiscais (sendo a mais famosa delas a chamada “Lei do Bem”) e a mudança de hábito do consumidor brasileiro, que agora parece mais interessado em smartphones intermediários e tops de linha do que antes.

A pesquisa aponta que, em 2016, 57% dos smartphones comprados no primeiro semestre foram os da categoria 4G – tecnologia nornalmente associada a aparelhos mais caros. No mesmo período do ano passado, esses modelos somavam apenas 13% de todas as compras.

No ritmo do aumento de preço veio também a queda nas vendas. Entre janeiro e maio, o número de smartphones vendidos foi 28% menor em relação ao mesmo período de 2015. O faturamento da indústria, por outro lado, manteve-se estável na comparação ano-a-ano.

publicidade