EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Embora o Pirate Bay seja o mais conhecido, é do KickassTorrents (KAT) o título de maior site de compartilhamento de arquivos do gênero do mundo. O reinado, entretanto, pode ter chegado ao fim nessa quarta-feira, 20, com a prisão do administrador da plataforma.

Autoridades americanas informaram que Artem Vaulin, um ucraniano de 30 anos, foi preso na Polônia ao ser apontado como dono do KAT. O site teria ajudado a movimentar mais de US$ 1 bilhão em pirataria desde a sua fundação, em 2008.

publicidade

“Num esforço para evitar a aplicação da lei, Vaulin supostamente confiava em servidores localizados em países pelo mundo e movia seus domínios devido a seguidas apreensões e processos civis”, comenta, em nota, a promotora Leslie R. Caldwell. “Sua prisão na Polônia, entretanto, demonstra mais uma vez que cibercriminosos podem correr, mas não se esconder.”

A Justiça americana pedirá a extradição de Vaulin para que ele responda por crimes de conspiração para cometer crime de direitos autorais e lavagem de dinheiro, além de infração a direitos autorais, propriamente dita.

Uma conta bancária ligada ao ucraniano foi apreendida e vários domínios do KAT saíram do ar, incluindo kickasstorrents.com, kat.ph, kickass.to, kickass.so e kat.cr.

Para chegar até ele, os investigadores se passaram por anunciantes, o que possibilitou a revelação da conta bancária. Eles também notaram que o IP acionado para login na página do KAT no Facebook era o mesmo usado por Vaulin para fazer compras na iTunes.

publicidade