EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A popularidade de navegadores como o Google Chrome e o Mozilla Firefox fez com que a Microsoft abandonasse um de seus mais antigos produtos, o Internet Explorer, e apostasse todas as suas fichas no novo Microsoft Edge para Windows 10. Contudo, a empresa ainda tem dificuldades para convencer os usuários a dar uma chance ao seu novo browser.

Desde julho, a Microsoft tem investido em uma nova estratégia para “converter” os usuários de Chrome ou Firefox em usuários do Edge. Quem usa o Windows 10 em um notebook tem recebido uma notificação que avisa que seu navegador alternativo está acabando com a bateria do aparelho, e recebendo, como recomendação, a dica para trocá-lo pelo Edge.

publicidade

“O Chrome está drenando sua bateria mais rápido”, diz a notificação. “Mude para o Microsoft Edge para um aumento de 36% no tempo de navegação”. Em nota, a empresa disse apenas que a sugestão é feita para aprimorar a experiência do usuário com o Windows 10, e que eles podem dispensar a notificação ou alterar seu navegador padrão como quiserem.

Via The Verge