EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Netflix anunciou nesta segunda-feira que está começando a mudar o seu protocolo de transmissão d arquivos para fortalecer a privacidade de seus usuários. Com a mudança, todos os filmes, séries e programas transmitidos por meio do serviço de streaming usarão o protocolo HTTPS, em vez do tradicional HTTP.

Clientes do serviço não devem perceber grandes diferenças no uso da plataforma. No entanto, de acordo com o Mashable, as conexões com a Netflix passarão a ser criptografadas, o que dificulta que outras pessoas consigam identificar o que os usuários estão assistindo.

publicidade

Além disso, essa mudança também beneficia a própria Netflix. Isso porque o uso de conexões criptografadas torna mais difícil para que hackers acessem seus dados de audiência. O serviço de streaming até hoje nunca revelou dados concretos de audiência das séries e filmes que disponibiliza a seus usuários, o que torna essa informação bastante valiosa.

Mudanças técnicas

De acordo com o serviço, a mudança do protocolo HTTP para HTTPS foi possível graças a um grande esforço de sua equipe de desenvolvimento de software. Isso porque, explicando de maneira resumida, os servidores que transmitem os vídeos e séries aos usuários ficaram encarregados do serviço extra de encriptar as informações enviadas antes de enviá-las.

Embora possa parecer um processo simples, os servidores da empresa transmitem um total de 125 milhões de horas de vídeo aos usuários do serviço, segundo a própria Netflix. Por isso, mesmo uma pequena tarefa a mais na transmissão pode gerar uma queda enorme no desempenho das máquinas, implicando custos mais elevados para a empresa. 

publicidade

Determinar maneiras para otimizar o processo de transmissão na mudança para o protocolo HTTPS foi um trabalho que rendeu dois artigos científicos aos engenheiros de software envolvidos (que podem ser lidos aqui e aqui). O post da Netflix em seu blog também revela mais detalhes técnicos sobre o processo.