EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Você é fã de jogos de terror? Calma, você não é o único. Muita gente se amarra nos games que colocam os nervos dos jogadores à flor da pele. Por isso, o Olhar Digital montou uma lista com os cinco games mais assustadores de todos os tempos. Confira:

P.T.

publicidade

A última criação de Hideo Kojima era um prelúdio do cancelado Silent Hills. O jogo se resumia em um corredor em formato de L com gráficos extremamente realistas e trilha sonora impactante. Por experiência tentei jogar esse jogo com as luzes apagadas, usando um headphone e concentrado apenas nas imagens do televisor. Desisti em dez minutos.

Reprodução

A graça do jogo é que o corredor apresenta leves modificações a cada vez que o jogador passa por ele. Novos sustos são adicionados e é preciso resolver pequenos puzzles para chegar até o fim da experiência. Além dos sustos tradicionais, o que mais assusta no game são os ruídos suspeitos e os sons de crianças rindo ou chorando. 

Fatal Frame

publicidade

Imagine estar em uma casa lotada de fantasmas e de espíritos nada amistosos. Parece ruim? Claro, mas pior seria se a sua única arma fosse uma câmera fotográfica.

Reprodução

Lançado em 2001 para PlayStation 2, o jogo tinha gráficos bastante nítidos para a plataforma e contava a história de Miku Hinasaki, uma jovem aspirante a jornalista que procura por seu irmão perdido em uma mansão abandonada. O game fez tanto sucesso que deu sequência para outros quatro jogos da franquia.

Amnesia: The Dark Descent

Amnesia segue o mesmo estilo de jogo de Outlast e de outros títulos mais famosos. Você não tem armas e pode apenas se esconder e fugir. É possível interagir com praticamente todos os objetos do game, mas não é isso que destaca o jogo que foi lançado para PC em 2010.

Reprodução

Nele, você controla Daniel, um homem que perdeu a memória e que está em castelo europeu em agosto de 1839. É preciso reunir pistas (tais como cartas perdidas) para ajudá-lo a recuperar sua memória. Isso não será uma missão fácil, principalmente porque existem criaturas sobrenaturais nada amistosas que querem matá-lo a qualquer custo. Para piorar, o grande destaque é que você ainda precisa controlar o seu nível de sanidade mental para não ficar louco (e perder o jogo). 

Dead Space

Se você gosta de ficção-científica e quer tomar alguns sustos, Dead Space é o jogo ideal. Lançado para PC, Xbox 360 e PlayStation 3, o jogo chegou ao mercado em 2008 levando o terror, literalmente, para outro planeta. A EA, produtora do título, não economizou em sangue e carnificina. Então, não jogue se você tiver possuir estômago fraco.  

Reprodução

Na pele de Isaac Clarke, um engenheiro e astronauta, o jogador está no século 26 e precisa lutar contra uma infestação alienígena que toma conta dos corpos de humanos transformando-os em monstros chamados “Necromorphis”. Tudo isso acontece dentro de uma nave espacial. Ou seja, não há para onde fugir.

Silent Hill 2

O terror desse jogo não se resume a apenas sustos de vez em quando e carnificina para dar e vender. Aqui, terror já passa a ser psicológico. Violência, abuso sexual, problemas familiares… Tudo isso está incluso no jogo que marcou época no PlayStation 2.

Reprodução

Você controla James Sunderland, um homem que viajou até a misteriosa cidade de Silent Hill após receber uma carta de Mary, sua esposa que faleceu de uma doença incurável três anos antes. A partir daí o personagem tenta encontrar um “lugar especial” descrito pela garota na carta. Ambos já passaram férias na cidade anos atrás, mas agora tudo mudou. E, como James está prestes a descobrir, para pior.