EnglishPortugueseSpanish

Um usuário do Facebook terá que pagar 7 mil euros (cerca de R$ 25 mil) por compartilhar música pirateada na rede social. O homem, que não teve a identidade divulgada, aceitou um acordo para pagar a indenização por publicar as músicas em um grupo, que foi fechado após o caso.

A ação foi tomada pelo grupo holandês BREIN, apoiado por empresas detentoras de direitos autorais. A associação já tinha o hábito de perseguir sites como o Pirate Bay e o desativado KAT, mas agora começou a ir atrás de indivíduos.

publicidade

Neste caso, o usuário de Facebook enviava as músicas para um site de compartilhamento de arquivos também não-identificado no estilo cyberlocker (um exemplo deste tipo de site é o 4shared). Em seguida, ele publicava o link no grupo de Facebook.

De acordo com a associação, o grupo de Facebook ganhou notoriedade pelos links de músicas pirateadas publicadas pelos seus usuários como um hobby. Ao receber a intimação, o usuário concordou em encerrar as atividades e pagar a indenização. Além disso, comunicou o ocorrido aos outros membros do grupo.

Ele também foi ameaçado com uma multa adicional de 50 mil euros (R$ 180 mil) caso continuasse a publicar músicas pirateadas na internet.

publicidade