Os planos de expansão da Apple para o seu sistema de pagamento eletrônico continuam e a empresa está prestes a dar um grande passo: permitir que as pessoas usem o Apple Pay para pagar a passagens de ônibus e trens.

Por enquanto, o projeto está destinado somente ao Japão; mesmo assim, o país conta com mais de 1,9 milhão de leitores digitais para liberação das passagens, o que significa um aumento significativo na base da Apple.

publicidade

Para que o projeto saia do papel, a gigante da tecnologia irá instalar chip sem contato Felica RFID da Sony nas futuras versão do iPhone. O sistema de pagamento mobile japonês é alimentado pelo chip Felica e funciona em todos os meios de transporte público do país, bem como em lojas de conveniência e restaurantes fast-food.

O pagamento via Felica e outros chips RFID semelhantes trabalham de uma forma um pouco diferente da Apple Pay. O serviço da Apple é mais lento, porque a autorização precisa passar por várias etapas, através de sistemas dos bancos e empresas de cartões como a MasterCard e a Visa.

Já sistemas de circuito fechado como Felica conseguem processar o pagamento entre o leitor e cartão em 0,1 segundo, além de serem mais adequados para o uso em transporte público, onde as pessoas precisam aproximar o cartão ou celular e atravessar as portas rapidamente e em alto volume.

Mas, incluir um chip Felica no iPhone poderia abrir as portas para outros países que também utilizam esse método de pagamento, como Hong Kong, Dubai, Bangkok, Jacarta e Bangladesh. Além disso, a inclusão do chip nos iPhones pode melhorar a situação da empresa norte-americana na Ásia, região onde ela vem perdendo mercado.

Via Mashable