EnglishPortugueseSpanish
publicidade

De acordo com uma pesquisa da empresa TECHnalysis Research, metade dos estadunidenses considerariam comprar um carro da Apple ou do Google caso essas empresas lançassem um automóvel. A pesquisa entrevistou 1000 moradores do país que têm carros e pensam em comprar outro em até dois anos.

No total, 59% dos respondentes disseram que pensaria em comprar um carro do Google (se ele existisse), e 52% disseram o mesmo sobre um carro da Apple. Além disso, 12% disseram que com certeza comprariam um carro da Apple, contra 11% que disseram o mesmo sobre um carro do Google, corroborando a ideia de que os fãs da Apple são mais “entusiásticos”. O gráfico abaixo mostra alguns dos resultados da pesquisa:

publicidade

Reprodução

Segundo a Fast Company, a preferência pelo Google pode ter algo a ver com a expectativa de preço. É possível, de acordo com a pesquisa, que os compradores de carro esperem que um carro do Google seja mais barato que um da Apple. Em média, os entrevistados pensavam em gastar US$ 31.173 em sua próxima compra.

Nem o Google nem a Apple vendem carros atualmente. Há fortes rumores, contudo, de que a Apple está desenvolvendo um carro elétrico. O Google, por sua vez, tem investido bastante em carros autônomos, apesar das pegadinhas que algumas pessoas fazem com eles, e por esse motivo é pouco provável que a empresa venha a lançar um carro tradicional.

Outros dados

publicidade

Ainda de acordo com a pesquisa, o interesse por carros da Apple foi maior entre as pessoas que tinham iPhones. Dessas pessoas, 69% disseram ter ao menos um pouco de interesse num carro da empresa. Por outro lado, apenas 45% dos donos de smartphones Android expressaram algum interesse num carro da Apple.

Inusitadamente, porém, o interesse por carros do Google foi maior entre os donos de iPhone do que entre os donos de smartphones Android. No primeiro grupo, 63% dos entrevistados mostraram algum interesse num carro da empresa; no segundo grupo, apenas 60% se interessaram.

Um dos fatores que poderiam justificar essa situação, porém, é a renda média de cada grupo. Segundo a pesquisa, os donos de iPhone tinham uma renda média anual de US$ 71.899, contra US$57.728 para os usuários do Android. Por esse motivo, os donos de iPhone poderiam estar mais propensos a investir bastante em um carro com tecnologia de ponta.