A Apple aproveitou o evento desta quarta-feira, 7, para anunciar o lançamento de mais um modelo do Apple Watch. Chamado de Apple Watch Series 2, ele chega ao mercado processador mais potente, com capacidade de suportar atividades aquáticas e também com suporte ao game mobile de maior sucesso atualmente, Pokémon Go. Ele chega ao mercado a partir de US$ 370.

Já o Apple Watch Series 1, modelo antecessor, vai ser atualizado para o processador dual-core e custará US$ 270. 

publicidade

A inovação tem design mais moderno com tela com bordas curvas e imagens bem coloridas. O display, inclusive, tem o dobro de brilho do modelo anterior o que vai facilitar a visualização da tela em dias de sol.  Ele conta com uma variedade de pulseiras diferentes e o corpo é reforçado e mais resistente.

Em termos de hardware, ele chega com processador dual-core que é 50% mais rápido do que o modelo anterior e GPU duas vezes mais potente. Outra novidade é o built-in GPS que facilita a geolocalização do aparelho e ajuda os desenvolvedores a criarem aplicativos que usam o recurso.

Diferentemente do primeiro modelo que era apenas a prova de acidentes com água, esse é realmente resistente as atividades aquáticas, podendo ser usado para natação com até 50 metros de profundidade. Há também suporte de aplicativos para os nadadores de plantão. O software mostra as voltas, os metros percorridos e também as calorias gastas na atividade.

O novo modelo está mais funcional com o sistema operacional watchOS 3 que facilita principalmente o envio de mensagens pelo gadget. Há inclusive suporte para outras linguagens, como chinês tradicional.

A tecnologia também recebeu novos aplicativos que permite o contato com serviços de emergência com um simples toque no dispositivo para facilitar a chamada. Os atendentes já recebem a localização da emergência automaticamente.

Fitness e Pokémon Go

Jogos e aplicativos voltados para o setor fitness também foram incorporados, inclusive medidores de velocidade. A principal novidade fica por conta da inclusão do game Pokémon Go no dispositivo.

O game mobile de maior sucesso da atualidade receberá uma versão própria para o relógio inteligente que vai facilitar a vida de quem pratica exercícios e também é um treinador virtual no jogo.

O relógio vai mostrar a distância que falta para que um ovo seja chocado, além das calorias queimadas e os pokémons próximos. Também será possível recolher itens das poké-stops apenas com o relógio. A má notícia é que não é possível capturar pokémons pelo dispositivo.

No fim das corridas, o relógio mostra um resumo do que aconteceu naquele percurso. Todos os itens recolhidos, as calorias queimadas, a distância percorrida e o tempo de exercício.

A Apple também deixou claro que espera atingir um público variado com a novidade, mas que tem consciência de que o produto será mais querido por quem pratica exercícios físicos com frequência, principalmente corredores.

Por esse motivo, a empresa firmou uma parceria com a Nike para oferecer melhorias no app da marca esportiva para lançar o Apple Watch Nike+, uma versão voltada para o público esportista.