Um estudo realizado pelo site Melhor Escolha, página que compara os preços de TV por assinatura, internet e serviços de telefonia, revelou que as ligações telefônicas no Brasil estão entre as mais caras do mundo. A amostra comparou mais de 110 planos de telefonia de 20 países diferentes.

Segundo a análise, em média, o brasileiro compromete cerca de 4% de sua renda mensal com o pagamento da conta telefônica, o que coloca o país na liderança deste ranking. Para efeito de comparação, esse número é cerca de 20 vezes maior do que o comprometimento de renda de pessoas que moram nos Estados Unidos e em alguns países europeus.

publicidade

É claro que a renda média dos cidadãos de outros países também influencia na análise. Contudo, outro dado numérico contribui para o péssimo resultado do Brasil: o custo da ligação. Por aqui, cada chamada, em média, custa R$ 0,77 por minuto. No Chile, segundo colocado da pesquisa, ela sai por cerca de R$ 0,38, enquanto nos Estados Unidos, país com as tarifas mais em conta, o minuto custa R$ 0,12.

De acordo com a página, a razão do custo ser elevado é porque “algumas operadoras aplicarem altas tarifas em ligações para outras empresas telefonia móvel”.

Internet também é cara

O site também analisou o valor médio gasto para a compra de pacotes de dados de internet. Enquanto o brasileiro gasta algo em torno de R$ 29,25 por cada gigabyte, o sueco investe R$ 22,71 na mesma quantidade. Nesta lista, porém, o primeiro colocado é o Chile. Os chilenos precisam gastar algo em torno de R$ 78,12 por cada gigabyte.

Por essa razão, a página afirma que o preço da internet por aqui “pesa mais que o dobro no bolso dos brasileiros quando comparados com europeus”.