Notícias

Google abre plataforma de realidade virtual Daydream a todos os desenvolvedores

26/01/17 13h27

O Google divulgou recentemente uma série de requisitos de qualidade para aplicativos que usem sua paltaforma de realidade virtual, a Daydream VR. Os requisitos estabelecem regras básicas para os aplicativos que desenvolvedores queiram submeter para a plataforma, e sugerem que ela está mais próxima de chegar aos consumidores finais.

Em termos gerais, os requisitos têm como foco o conforto e o bom funcionamento dos aplicativos. Exige-se, por exemplo, que o programa mantenha uma linha de horizonte estável e permita que o usuário sempre controle a câmera subjetiva com a cabeça, para evitar tontura. Outros requisitos também focam em aspectos de funcionalidade, estabilidade, performance e publicação. 

Ampliação da plataforma

Desenvolvedores já podiam “brincar” com os recursos do Daydream VR antes disso. No entanto, os requisitos para submissão indicam que o Google pretende começar a receber aplicativos criados por terceiros para colocar em sua loja. Isso, por sua vez, indica que a loja de alpicativos de realidade virtual do Google está se ampliando e deve chegar mais rapidamente a mais usuários.

Isso, no entanto, depende também das fabricantes de smartphones. Por enquanto, poucos dispositivos são totalmente compatíveis com os recursos da plataforma Daydream. Os principais são o Pixel e o Pixel XL, do próprio Google. É provável, contudo, que com a ampliação de experiências interessantes disponíveis para essa plataforma, mais fabricantes se interessem em tornar seus aparelhos compatíveis com ela.

Há também outras soluções no mercado. Mais especificamente, o Samsung Gear VR é um dos principais concorrentes da plataforma do Google e já está aberto a submissões de desenvolvedores. No entanto, a ampla disponibilidade da loja de aplicativos do Google pode acabar se revelando um atrativo maior para os desenvolvedores.

Deixe sua opinião
Tags