EnglishPortugueseSpanish
publicidade

No ano passado, o Olhar Digital produziu uma reportagem evidenciando que passageiros e motoristas não estavam satisfeitos com o Uber Pool, modalidade que permite dividir um carro com outros passageiros, por conta do medo de assaltos e do contato com pessoas desconhecidas. A má notícia é que o serviço pode ficar ainda pior.

Isso porque a empresa registrou recentemente uma patente que pode modificar o método de funcionamento da categoria. A ideia é permitir que os passageiros possam ver informações pessoais uns dos outros e também de motoristas. Dados como amigos em comum, local onde estudaram, hobbies, etc. Será possível ainda visualizar informações do Facebook dos usuários.

publicidade

Reprodução

Na teoria, pode até existir a boa intenção de tentar conectar pessoas e criar novas amizades. Na prática, no entanto, isso pode ser bastante desconfortável. Você não sabe com quem está dividindo um carro e fornecer tais informações pode ser bem constrangedor.

É preciso destacar dois pontos nessa história que ainda nos fazem ter esperança de que a ideia poderá nunca sair do papel. O primeiro é que a novidade se trata apenas de uma patente registrada e muitas patentes nunca realmente viram realidade. O segundo é que pode ser que o recurso nunca chegue ao Brasil.

Por fim, caso isso tudo aconteça, é de esperar que o aplicativo dê ao usuário a opção de impedir que seus dados sejam expostos para outros passageiros e motoristas.

publicidade

Via Business Insider