EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Hackers ligados ao grupo Anonymous realizaram um novo ataque nesta quinta-feira, 2. A vítima da vez foi o novo presidente do Senado Federal, o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE). O político teve o seu site pessoal derrubado pelos ativistas e dados pessoais divulgados nas redes sociais.

As informações vazadas explicitam não apenas dados pessoais como número de CPF, telefone e endereço, mas também dados financeiros como participação em empresas, carros e imóveis adquiridos e saldo bancário em contas do Banco do Brasil.

publicidade

Até o momento desta publicação, o site do senador continua offline e ele não se pronunciou sobre o ataque. O Olhar Digital vai atualizar esta nota caso isso aconteça.

Reprodução

Chamada de Operação Tango Down, a ação concentrou-se em Oliveira pelo fato de que o político, segundo o Estadão, é acusado de receber propina para facilitar negócios com a empreiteira Odebrecht, empresa investigada na Lava Jato. 

publicidade

Eunício Oliveira foi eleito presidente do Senado nesta quinta-feira, 2, após receber 61 votos na disputa contra José Medeiros (PSD-MT), que foi votado apenas por 10 parlamentares, mesmo número de votos em branco. Com a vitória, o peemedebista, que é considerado aliado de Michel Temer, fica no cargo por quatro anos.