EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Se no mundo todo órgãos de aviação seguem um movimento de relaxamento quanto ao uso de aparelhos eletrônicos dentro de aeronaves (incluindo no Brasil), na China, o negócio é diferente. Tanto que, no intervalo de um mês, três pessoas foram detidas no país por usarem o celular em algum momento do voo.

Os casos ocorreram entre 5 de janeiro e 6 de fevereiro, segundo reporta o site China.org. A primeira passageira, de sobrenome Zhang, passou cinco dias atrás das grades por se recusar a desligar o celular durante a decolagem e fazer ligações em meio ao voo; quando questionada pela segurança do aeroporto, ela teria se recusado a cooperar.

publicidade

O segundo caso envolveu uma passageira de sobrenome Niu; na tarde de 5 de fevereiro, foi detida por três dias quando seu voo aterrissou. E o terceiro ocorreu ao meio-dia do dia seguinte com um passageiro de sobrenome Wang, que foi detido por cinco dias por usar o celular para ouvir música durante os processos de decolagem e pouso.

Os três faziam viagens domésticas e acabaram punidos quando chegaram ao Aeroporto Internacional de Pequim. A regulamentação sobre aviação civil do país diz que o uso de dispositivos de comunicação em voo causa riscos à população e pode levar à detenção de quem insistir. Ainda corre-se o risco de multa (que chega ao equivalente a R$ 22,6 mil) e sanções criminais.