EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Um dos maiores desafios da comunidade hacker é fazer o Android rodar em um iPhone, mas uma empresa tem uma ideia para simplificar a proposta tão complexa. Trata-se do Eye, um case para iPhone que permite que você tenha um celular dois-em-um acoplando um dispositivo Android na traseira.

O Eye é mais do que apenas um Frankenstein, no entanto. Seus desenvolvedores afirmam que o case é capaz de usar os alto-falantes, o microfone e as câmeras do iPhone para transformar o Android na parte de trás em um celular funcional.

publicidade

Além de compartilhar componentes com o iPhone, o Eye ainda tem slot para cartão microSD, capacidade para dois chips de telefonia, bateria própria e NFC por baixo de uma tela AMOLED de 5 polegadas, além de uma entrada para fones de ouvido. A Esti, empresa que desenvolve o case, ainda não deu detalhes sobre outras especificações como processador e memória RAM.

A empresa procura, no entanto, apoio no Kickstarter para fazer o Eye sair do papel. Os primeiros apoiadores podem conseguir uma unidade sem capacidade 4G por US$ 95 ou, com 4G, por US$ 130. A expectativa é que os cases sejam distribuídos a partir de agosto ou setembro. A campanha busca US$ 95 mil para bancar o desenvolvimento do projeto, mas já superou os US$ 82 mil faltando mais de um mês para o encerramento.

Depois de pronto, o Eye deve custar US$ 190 pela versão mais simples e US$ 230 pelo modelo com 4G. Mesmo que a Esti ainda não dê detalhes sobre especificações e desempenho, é possível assumir que, com estes preços, é provável que o Android na traseira do seu iPhone seja bastante básico.

publicidade