EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Os emojis devem se tornar mais inclusivos em breve. A próxima coleção de ícones, que pode ser lançada ainda neste ano, trará emojis que não necessariamente são atribuídos a um gênero só. Por enquanto, serão três ícones: um de criança, um de adulto e um de uma pessoa idosa, que podem ser usados tanto no masculino quanto no feminino.

Reprodução

publicidade

“A ideia é que adicionar mais opções de gênero nos emojis nos ajude a celebrar nossa unidade e diversidade. Eu defendo que todos se sintam confortáveis usando emojis de homens quando nos sentimos masculinos, de mulheres para expressar nossos aspectos femininos e emojis inclusivos de gênero sempre que nos sentirmos com vontade de celebrar nossa humanidade, independentemente de gêneros”, afirma Paul Hunt, membro do subcomitê da Unicode. 

Hunt explica ainda que, no começo, os emojis não possuíam gêneros. A tela dos celulares era de baixa resolução e, por isso, não era possível adicionar muitos detalhes. Com as melhorias nos smartphones, houve a perda desse viés inclusivo. “Seja intencionalmente ou não, os usuários viram um padrão muito familiar: os emojis em papéis ativos ou de trabalho eram representadas como homens, e aqueles em papéis passivos ou frívolos eram retratados como mulheres”, aponta Hunt. 

A ideia da Unicode é mudar esse padrão. Recentemente, a comissão adicionou uma série de ícones femininos representando profissões.

Via Digital Trends 

publicidade