EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O S8 foi lançado nesta quarta-feira, 28, trazendo uma novidade bem interessante em relação aos modelos predecessores da linha Galaxy. O aparelho contará com o seu próprio assistente virtual, a Bixby. Inteligente, o recurso chega para competir com a Siri, Alexa e o Google Assistente, mas com algumas peculiaridades.

Diferentemente de seus concorrentes, que buscam entender e, depois, pesquisar informações na internet para responder alguma solicitação do usuário, a Bixby busca auxiliar no uso do próprio aparelho. O objetivo é permitir que você possa usar o dispositivo sem nem ao menos precisar tocá-lo.

publicidade

Durante a apresentação do recurso, no início desta tarde, ficou clara essa intenção. Foi possível observar enquanto a assistente virtual atendia a um comando de voz que abria o Google Maps e, então, enviava algum endereço (junto da imagem do mapa) para um contato salvo na memória do telefone por mensagem de texto.

Não é perfeita

Apesar de a fabricante fazer questão de destacar que a Bixby garante que o telefone pode ser usada sem qualquer toque físico – nem mesmo para desbloqueio, já que há sensor de íris –, isso ainda está longe de acontecer. Um exemplo simples: é possível solicitar o envio de um e-mail, mas você precisa preencher o endereço de envio manualmente caso o endereço eletrônico do contato não esteja salvo na memória do telefone.

publicidade

O recurso será lançado com compreensão ao inglês e ao coreano, os idiomas chinês e espanhol serão adicionados pouco tempo depois. Ainda não se sabe se haverá uma versão em português. Outro problema é que a assistente virtual é compatível com pouco mais de 10 aplicativos produzidos pela própria Samsung para Android.

Isso significa que, pelo menos por ora, você não vai conseguir pedir para que o assistente envie uma mensagem pelo WhatsApp ou no Messenger, por exemplo. A previsão é de que o componente ganhe compatibilidade com mais apps, inclusive de terceiros, e com outros dispositivos de inteligência artificial.

O que ela realmente pode fazer

Depois de abordar as suas limitações, é hora de ver o que a Bixby realmente consegue fazer. Além de realizar ligações, enviar mensagens de texto e conseguir visualizar a lista de contatos do usuário, o assistente também tem acesso às câmeras e pode registrar fotos, iniciar gravações, fazer edições simples de fotos (como rotações) e realizar comandos na galeria de mídias salvas. Tudo por comando de voz.

A Samsung garante que a sua assistente funcionará como uma rede social para o seu celular. Isso é, você poderá visualizar diferentes informações tocando apenas um botão. Serão exibidos dados como previsão do tempo, sua atividade física recente, compromissos agendados e diversos outros widgets com informações relevantes.

Assim, ela pode ser usada para responder a perguntas básicas e dar informações sobre trânsito e meteorologia. Ela também reconhece o padrão de uso do dispositivo e é capaz de oferecer sugestões de artigos, vídeos, aplicativos, marcar alarmes e definir lembretes. É também capaz de reconhecer e traduzir textos para outras línguas.

Um dos pontos mais interessantes da apresentação foi poder ver como ela pode ser usada para auxiliar os consumidores. O dispositivo consegue identificar objetos visualizados pela câmera do S8 e, então, realizar pesquisas em algumas lojas online parceiras da Samsung – como Amazon e Vivino – para buscar o mesmo produto ou itens semelhantes.

Testes realizados mostraram que o recurso foi capaz de identificar relógios, rótulos de vinho, livros e até mesmo flores.

Reprodução