EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O cientista da computação, pesquisador e um dos pioneiros na criação da internet, Robert Taylor, faleceu na última quinta-feira, 13, em sua casa, na Califórnia, aos 85 anos. Taylor sofria de Parkinson.

Em 1966, Taylor foi um dos criadores da ARPAnet, rede de computadores que ligava os projetos na Agência de Projetos de Pesquisa Avançada dos Estados Unidos (ARPA) e permitia compartilhar informações entre os dispositivos, algo muito parecido, em menor escala, com o que conhecemos hoje em dia como internet. Ele também foi responsável pela tecnologia de rede Ethernet e por um editor de texto que recebeu o nome de Bravo, que serviu de base para o Microsoft Word.

publicidade

Outros feitos do cientista da computação foram a contribuição na criação do mouse e e a criação do Alto, um dos primeiros computadores pessoais do mundo.

Durante sua vida, Robert Taylor defendia que o futuro conectado fosse aberto a todos e não apenas à elite. Ele também afirmou que a internet poderia ser prejudicial às pessoas da mesma maneira que poderia ser útil.

[CNet]

publicidade