Pouco depois de comemorar o segundo aniversário do Apple Watch, a Apple estendeu a garantia da primeiroa geração do seu relógio inteligente após o dispositivo apresentar problemas na bateria.

De acordo com um e-mail enviado pela Apple Authorized Service Providers, a empresa reconhece que alguns de seus aparelhos foram afetados por um problema de inchaço na bateria. Por isso, oferecerá garantia estendia de três anos para os usuários – normalmente, a garantia é de um ano.

publicidade

Aparentemente, as baterias de íon de lítio que alimentam o Apple Watch podem inchar e expandir quando são perfuradas, sobrecarregadas ou superaquecidas ou então quando sofrem outros danos. Esta falha foi a que causou as explosões nos aparelhos Galaxy Note 7; apesar de o Apple Watch não correr o risco de entrar em combustão espontânea, ele pode ficar desconfigurado.

Embora não esteja claro exatamente quantos clientes da Apple são afetados pelo problema, há alguns relatos de usuários em vários fóruns como o Reddit e os próprios fóruns de suporte da Apple.

[9to5Mac]