EnglishPortugueseSpanish

O próximo pacote de expansão de “Battlefield 1”, intitulado “Em nome do Czar”, vai contar com soldados mulheres em batalhões do exército russo.

A desenvolvedora EA confirmou, na página oficial do “Battlefield” no Twitter, que o 1º Batalhão da Morte Feminino da Rússia será representado pela classe de escoteiros e que mais detalhes seriam divulgados no evento EA Play, que acontece entre os dias 10 e 12 de junho.

publicidade

Na vida real, o batalhão de mulheres foi inicialmente formado como uma iniciativa de propaganda do exército russo na 1ª Guerra Mundial. Com uma estimativa de 6.000 mulheres russas combatentes na guerra, a sua adição à campanha multijogador do game faz sentido – apesar de seguidores do Twitter reclamarem da novidade, afirmando que mulheres não deveriam estar em um jogo de guerra.

publicidade

“Você destruiu minha franquia de videogame favorita… como você pode?”

 “O politicamente correto está corrompendo tudo. Quando essa porcaria vai acabar?”