EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Um pesquisador que ficou conhecido por parar acidentalmente o vírus WannaCry foi preso pelo FBI durante a conferência hacker Def Con, de acordo com o Motherboard. Ele estaria envolvido no desenvolvimento de um outro vírus sem ligação com a ameaça que atingiu o mundo meses atrás.

O inglês Marcus Hutchins, de 23 anos, foi detido na quarta-feira, 2. Segundo o The Guardian, a detenção de Hutchins não tem relação com o WannaCry. O Departamento de Justiça dos EUA diz que o hacker colaborou na criação do vírus Kronos, que se espalhou e atingiu bancos entre 2014 e 2015.

publicidade

O Kronos, que era espalhado a partir de emails com anexos maliciosos, roubava credenciais bancárias de internautas e era usado para roubo de dinheiro.

Hutchins ficou famoso em maio quando conseguiu parar o WannaCry ao registrar um domínio que estava escondido dentro do malware – o domínio ajudava a propagar a ameaça que atingiu o mundo inteiro.

publicidade

Quando Hutchins registrou o domínio, o malware parou de se conectar a ele e, assim, não conseguiu mais se propagar. Ele mesmo reconheceu que encontrou um botão de “desligar” o malware acidentalmente.