As celebridades que estão em alta costumam ser as mais “perigosas” na internet, pois têm seus nomes frequentemente linkados a sites e arquivos maliciosos. No entanto, a cantora Avril Lavigne surpreendeu ao se classificar como a celebridade mais perigosa da web em 2017, desbancando a comediante Amy Schumer.

Segundo o levantamento 2017 McAfee Most Dangerous Celebridades, da empresa de segurança McAfee, ao pesquisar o nome da cantora no Google, Bing ou Yahoo, os internautas têm 14,51% de chances de caírem em uma página maliciosa. Agora, caso a pessoa pesquise por “Avril Lavigne MP3 grátis” ou termos parecidos, a ameaça sobe para 22%.

publicidade

Em segundo lugar ficou o cantor Bruno Mars, com uma ameaça de 13,43%, seguido pela cantora Carly Rae Jepsen, com uma ameaça de 13,19%.

Na verdade, todos os 10 primeiros colocados fazem parte da indústria musical. Segundo a McAfee, esse resultado não é nenhuma surpresa, pois o mercado global de música cresceu quase 6% em 2016 e continua a fazer parte da vida cotidiana dos consumidores. À medida que os artistas fazem turnês e lançam novos álbuns e músicas, o apetite por mais conteúdo desses cantores e compositores continua a crescer.

Confira o ranking das celebridades mais perigosas:

Reprodução

Apesar de o estudo ter sido dominado por músicos, vários atores e atrizes também chegaram à lista, incluindo Anna Kendrick (13ª posição), Jennifer Lopez (20ª posição), Hailee Steinfeld (23º posição), Will Smith (34ª posição), Jackie Chan (38ª posição), Vanessa Hudgens (44ª posição), Teyana Taylor (45ª posição) e Zendaya (50ª posição).