EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Desde que começou a publicar informações sobre seus esforços para ajudar detentores de direitos autorais a lutar contra a pirataria, o Google já recebeu mais de 3 bilhões de pedidos para remover links do seu buscador.

“Para iniciar o processo para remover conteúdo dos resultados de busca, um dono de direitos autorais que acredita que uma URL esteja apontando para conteúdo infrator nos envia uma notificação de remoção para aquele suposto material infrator”, explica o Google.

publicidade

As requisições vieram de pouco mais de 120 mil donos dos direitos e 107 mil organizações atuando em nome desses donos.

Uma das principais entidades, com 186,6 milhões de citações, é a Associação Protetora de Direitos Intelectuais Fonográficos do Brasil (APDIF do Brasil), que também aparece como terceiro detentor de direitos que mais acionou o Google — foram 184,8 milhões de pedidos.

O Google não informa quantos desses pedidos foram atendidos, mas explica como processa cada um: “Quando recebemos uma notificação válida de remoção, nossas equipes a avaliam cuidadosamente em totalidade e checa por outros problemas. Se a notificação estiver completa e não encontrarmos qualquer problema, removemos a URL dos resultados de busca.”

O principal domínio na mira é o 4shared.com, citado mais de 66,4 milhões de vezes. Depois aparecem mp3toys.xyz (51,2 mi), rapdigator.net (28,8 mi), uploaded.net (23,1 mi), chomikuj.pl (22,6 mi) e unblocksites.co (15,1 mi).

publicidade