EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O Google anunciou uma mudança que vai impactar nos resultados de buscas em celulares e computadores. A partir de agora, o serviço de buscas vai usar a localização do dispositivo do usuário para determinar os resultados ao invés de o domínio de país. A mudança fará com que mais conteúdo local apareça nas pesquisas, mas pode tornar mais difícil encontrar um site que não seja do Brasil.

Em vigor desde o último final de semana, a mudança impacta tanto os resultados do buscador principal como o do Google Maps em navegadores e aplicativos. A partir de agora, a ferramenta utiliza a localização GPS ou por IP do dispositivo, mudando automaticamente o local caso note uma alteração. Ou seja, caso um brasileiro vá para a Argentina, o Google mostrará os resultados de lá até que este volte ao Brasil.

publicidade

Até então, era possível pesquisar em outros países usando apenas o código nacional (TLD), que é aquele que vem logo após o .com: .br (Brasil), .ar (Argentina), .uk (Reino Unido) e por aí vai. Esse tipo de mudança era muito utilizado por quem procurava um resultado de uma região em seu idioma original sem ser bombardeado de links brasileiros, por exemplo.

Ainda segundo o Google, se os resultados de buscas não mudarem automaticamente ao trocar de país, o usuário poderá fazer isso manualmente acessando as configurações de buscas. Além disso, o site afirma que o usuário poderá conferir facilmente em que localização ele está pesquisando ao olhar para a parte inferior da página.