EnglishPortugueseSpanish

Enquanto os consumidores fazem filas em frente às lojas para comprar o iPhone X, as autoridades sul-coreanas invadiram os escritórios da Apple para uma investigação sobre as práticas de negócios da companhia.

Conforme relata o Metro, no ano passado a Comissão Coreana de Comércio Justo abriu uma investigação com o objetivo de descobrir se a Apple criou contratos injustos com as operadoras de telefonia.

publicidade

Além disso, em 2015, quando a Apple conquistou uma participação histórica de 33% no mercado de smartphones sul-coreanos, a Comissão lançou uma força-tarefa dedicada a descobrir se empresas estrangeiras estavam prejudicando o mercado doméstico de telefones.

Por conta disso, as invasões aos escritórios da empresa norte-americana suscitam dúvidas sobre se o governo está tentando dificultar a entrada do iPhone X no país. Analistas de mercado afirmam que o governo sul-coreano está adotando uma posição protecionista há alguns anos.