EnglishPortugueseSpanish

A empresa japonesa de pesquisa Gatebox Lab possui um programa de incentivo para contratar pessoas envolvidas em relações amorosas com seres que não sejam de carne e osso.

Conforme reporta o Kotaku, a Gatebox paga 5.000 ienes (R$ 145) como compensação aos funcionários que vivam uma vida conjugal com os personagens, e até dá um dia de folga no aniversário do cônjuge.

publicidade

Em seu site, a empresa fornece um certificado de casamento — embora o documento não seja aceito pelo governo japonês. Para obtê-lo, o empregado precisa preencher um formulário respondendo quando conheceu seu cônjuge, lembrando algumas memórias do casal e como ocorreu o pedido de casamento.

Casamentos com personagens tridimencionais e até não-humanos, como elfos e bestas ou que pertençam a universos de ficção científica, também são válidos para obtenção das regalias. Mas múltiplos matrimônios não são aceitos.