EnglishPortugueseSpanish

A Toyota revelou nesta semana um novo modelo de robô humanoide chamado de THR-3. O robô pesa 75 quilos e mede 1,54 metro de algura, e possui uma função que permite que um usuário controle-o remotamente com movimentos do próprio corpo. Usando também um equipamento de realidade virtual, o operador pode praticamente transportar-se para dentro do robô.

O robô da empresa foi criado de maneira que suas articulações fossem parecidas com a de humanos. Em cada uma delas, a empresa empregou um conjunto de motores, sistêmas de câmbio e sensores de torque chamados de “Torque Servo Modules”. Para operá-los, a empresa criou também uma espécie de cadeira de comando chamada de “Master Mmaneuvering System”.

publicidade

Esse sistema de controle possui 16 módulos de comando, localizados no tronco, braço e pernas do operador do robô. Por meio de sensores acoplados a esses módulos, o sistema consegue transmitir as informações de movimento captadas por eles às 29 partes articuladas do robô THR-3. Com isso, a empresa promete “uma experiência de uso suave e sincronizada”.

Segundo a Toyota, foram desenvolvidos também outros sistemas para controlar os movimentos do robô. Por exemplo, há um programa dedicado a controlar a força de contato dele com outros objetos e pessoas em eventuais choques ou interações, outro para controlar o equilíbrio do robô em caso de colisões.

A ideia é que robôs humanoides como o THR-3 sejam usados em situações nas quais um ser humano é necessário, mas a sua presença física é muit arriscada. Por exemplo: caso seja necessário consertar um reator nuclear após um incidente, ou para resgatar pessoas de uma área de catástrofe natural que ainda apresenta riscos.

publicidade