EnglishPortugueseSpanish

Já faz algum tempo que criminosos exploram ferramentas do mercado online para fins de lavagem de dinheiro; agora, a mais nova vítima parece ser o Airbnb. Conforme relata o Daily Beast, criminosos russos estão usando o serviço para lavar dinheiro de golpes de cartão de crédito.

Aparentemente, os criminosos usam fóruns de deep web para encontrar pessoas para colaborar com a fraude do serviço de hospedagem. As postagens indicam que os golpistas conseguem lucrar até US$ 3 mil em cada operação, que são realizadas na Rússia e outros países da União Europeia.

publicidade

De acordo com Rick Holland, vice-presidente de estratégia da empresa de segurança cibernética Digital Shadows, essas operações dependem de um indivíduo ou grupo usando contas Airbnb legítimas ou roubadas para solicitar reservas e fazer pagamentos para um anfitrião. Essa pessoa, então, envia de volta uma porcentagem dos lucros, apesar de ninguém ficar hospedado na propriedade. 

Os anfitriões legítimos também ajudam os criminosos a evitarem as regras do Airbnb sobre a identificação – embora a empresa declare claramente que não pode ser responsabilizada pela confirmação da identificação de qualquer membro. Em sua resposta, a empresa aponta que utiliza algoritmos de aprendizado como parte de suas proteções contra “atividades suspeitas”.