EnglishPortugueseSpanish

A Apple estaria desenvolvendo uma solução caseira para uma das principais reclamações dos usuários de iPhone: a duração da bateria.

Segundo o jornal japonês Nikkei, a empresa está desenvolvendo internamente um chip de gerenciamento de energia para ser usado em modelos futuros do iPhone. A expectativa é que, com ele, o iPhone ganhe algumas horas extras de autonomia de bateria.

publicidade

O chip em questão ajudaria o iPhone a lidar com as tarefas com mais eficiência, o que pode resultar em um consumo menor de bateria.

Atualmente, o gerenciamento de energia dos iPhones é feito com um chip projetado por uma empresa britânica chamada Dialog. Mas a Apple estaria interessada em abandonar a parceria e partir para um design próprio. Segundo o Nikkei, seria “o mais avançado da indústria”.

A expectativa é que o novo chip já equipe os iPhones lançados em 2018, o que significa que a próxima geração do smartphone da Apple pode ter uma autonomia maior de bateria em relação aos aparelhos atuais. No entanto, um adiamento não está descartado e o chip pode ficar para 2019.

publicidade