EnglishPortugueseSpanish

Um lembrete de que investir em TI pode poupar tempo e dinheiro no futuro veio da American Airlines, uma das maiores empresas aéreas do mundo, que corre o risco de não ter pilotos para realizar voos no fim do ano. O motivo? Um bug no sistema de controle de férias permitiu que todos programassem suas folgas no mesmo período, justamente em uma das épocas mais movimentadas do ano.

De acordo com a agência Reuters, o período entre 17 e 31 de dezembro tem 15 mil voos programados, e todos eles sem pilotos atribuídos, o que pode acarretar em grandes transtornos e cancelamentos.

publicidade

A American está tentando solucionar a falta de braço para operar nessa época tão crucial oferecendo 150% do valor recebido por hora pelos pilotos, que é o máximo previsto em contrato.

Segundo Dennis Tajer, capitão da American Airlines e representante do sindicato dos pilotos, explica que, apesar da operação de uma linha aérea ser realizada 24 horas por dia e 7 dias por semana, o “sistema, em vez de agendar responsavelmente resolveu virar Papai Noel para todo mundo”. “O computador disse ‘Ei, pessoal. Vocês querem dias de folga? Tudo bem.’”

Dessa forma, os pilotos viram todos a oportunidade de tirar uns dias livres na época do Natal e quem não faria o mesmo? Do lado da American, a empresa diz estar trabalhando para evitar cancelamentos, mas a tendência é que custos com mão-de-obra devem aumentar bastante neste trimestre para compensar as férias canceladas.

publicidade