EnglishPortugueseSpanish

A última semana foi uma das piores que a Apple já viu em termos de problemas de software. Começou com a falha no macOS que permitia que qualquer um ganhasse privilégio de administrador do PC sem precisar de senha, e a atualização para correção acabou causando outro problema. No fim de semana foi a vez do iOS enfrentar uma situação similar.

No sábado, dia 2 de dezembro, a Apple lançou uma atualização apressada para o seu sistema operacional móvel. O motivo é simples: a data específica causou um problema inesperado no iOS que fazia o celular travar constantemente com notificações de apps e lembretes repetidos.

publicidade

O fato de que a atualização do iOS para a versão 11.2 foi liberada num final de semana diz muito sobre a urgência dada à Apple para o update. Normalmente, esse tipo de lançamento acontece em um dia de semana (tradicionalmente às terças-feiras), quando toda a equipe de engenheiros da empresa está a postos para lidar com eventuais problemas.

Como todos devem saber, fazer as coisas com pressa não é a melhor forma de fazer algo com qualidade. Isso também se aplica ao iOS 11.2, que solucionou, sim, o problema dos travamentos súbitos do sistema, mas causou outro transtorno aos seus usuários.

A partir do lançamento da atualização, começaram a chover reclamações de usuários do iPhone X afirmando que o Face ID, o recurso de autenticação por reconhecimento facial do celular, não estava funcionando.

O lado positivo é que a solução é relativamente simples: basta reiniciar o aparelho, e a tendência é que isso resolva o problema, como informa no site 9to5Mac. Se ainda assim o Face ID continuar sem funcionar, a orientação é procurar o suporte da Apple.

publicidade