A Visa e Mastercard começaram a cobrar taxas adicionais dos investidores de criptomoedas. Conforme relata o TechCrunch, as empresas reclassificaram a forma como as compras de moedas virtuais são processadas no cartão de débito ou crédito.

Até então, a pessoa que quisesse comprar bitcoin ou outra moeda podia usar o cartão para compras na hora ou transferência bancária, que leva alguns dias. As corretoras de criptomoeda, como a Coinbase, por exemplo, aceitava o uso de cartão mediante uma taxa de 4%.

publicidade

Agora, as empresas de cartão de crédito também passaram a cobrar uma taxa, que gira em torno de 5%. Ou seja, em uma compra instantânea de bitcoin de US$ 5 mil usando um cartão de crédito da Visa ou Mastercard resultará em aproximadamente US$ 500 em taxas e juros.

Um porta-voz da Mastercard afirmou que essa mudança proporciona uma visão mais consistente das compras de criptomoedas tanto para os comerciantes quando para os emissores.