A Netmarketshare divulgou números sobre utilização de navegadores web e sistemas operacionais pelo mundo ao longo do mês de março. Os dados mostram o Windows 10 ainda distante do Windows 7, e, mais do que isso, o Windows 8.1 cresceu em uso ao redor do planeta.

O Windows 10 não só não conseguiu se aproximar muito do Windows 7 como também viu seu uso pelo mundo diminuir. A atual plataforma da Microsoft foi usada por 34,06% dos usuários em fevereiro, abaixo dos 34,29% registrados em janeiro. O Windows 7 também apresentou queda, caindo de 42,39% para 41,61%.

publicidade

A surpresa ficou por conta do crescimento do Windows 8.1. Não foi um aumento expressivo – ele saiu de 5,56% para 5,66%, mas ainda assim surpreende ver uma plataforma já abandonada pela Microsoft ganhar usuários entre um mês e outro.

O Windows XP fecha a lista das versões mais usadas do Windows com 4,70% dos usuários pelo mundo.

Navegadores

O Chrome perdeu usuários e o Internet Explorer superou o Firefox, enquanto o Microsoft Edge segue com dificuldades em se estabelecer dentro do mundo dos navegadores.

O browser do Google segue como o mais usado no mundo com sobrar – 60,57% das pessoas usaram o Chrome em fevereiro. Mas em janeiro ele era um pouco mais popular, com 61,41% de marketshare.

Já o Internet Explorer cresceu bastante de janeiro para fevereiro e deixou o Firefox para trás. Antigo segundo colocado, o browser da Mozilla subiu de 10,85% em janeiro para 10,84% em fevereiro, mas no mesmo período o Internet Explorer saltou de 9,67% para 13,05%.

Enquanto isso, o Microsoft Edge, que foi lançado para substituir o Explorer e reforçar a presença da Microsoft no mundo dos navegadores, segue com grande dificuldade em se estabelecer no mercado. Em janeiro, ele era usado por 4,67% dos usuários, e em fevereiro caiu para 4,38%.