EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Uma startup francesa anunciou um aquecedor de ar que também funciona como minerador de criptomoedas. Com ele, o ambiente pode ser aquecido ao mesmo tempo que o seu dono ganha algumas moedas virtuais.

O QC1, da startup Qarnot, não parece muito diferente de aquecedores convencionais. Mas dentro dele está um poder computacional grande o suficiente para que moedas como Ethereum sejam mineradas com auxílio de duas placas gráficas Sapphire Nitro+ Radeon RX 580.

publicidade

A mineração de criptomoedas é uma tarefa pesada e que pode superaquecer computadores convencionais, então faz sentido que esse aquecimento extra seja usado para o ambiente em que o dispositivo se encontra. A Qarnot ainda diz que o QC1 é totalmente silencioso, e, de acordo com o TechCrunch, ele consegue minerar o equivalente a US$ 120 (cerca de R$ 390) por mês em Ethereum.

O QC1 vai ser vendido a partir de junho e não vai ser exatamente barato: ele vai custar €2,9 mil (cerca de R$ 11,6 mil reais).