EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Não há como negar: a Apple dita tendências, mesmo quando a moda não parece fazer muito sentido. A empresa validou a onda de eliminar a entrada de fones de ouvido e agora quase todos os smartphones tops de linha vem com o infame entalhe no topo da tela para abrigar câmera frontal e sensores. No meio de tanta “inspiração” no iPhone X, no entanto, é bom ver uma empresa como a Meizu ignorando as tendências e mantendo um formato mais tradicional.

A empresa chinesa apresentou três aparelhos, e nenhum deles tem um entalhe no topo da tela, ao mesmo tempo em que carregam a entrada de fones. Além disso, todos eles também desprezam as telas mais esticadas, de proporção 18:9 que têm tomado conta dos smartphones mais recentes.

publicidade

Os celulares em questão são o Meizu 15 Plus, com tela OLED de 5,95 polegadas e resolução 1440p, o Meizu 15 com tela OLED de 5,46 polegadas e resolução 1080p e o Meizu 15 Lite, que é o único com tela LCD de 1080p. O mais poderoso do trio, obviamente, é o Plus, que utiliza o processador Exynos 8895 da Samsung, utilizado no Galaxy S8; já o Meizu 15 padrão utiliza o chipset intermediário-premium Snapdragon 660, enquanto o Lite carrega o mais modesto Snapdragon 626.

Pelo histórico da Meizu, o fato de a empresa não seguir as tendências do iPhone X parece mais uma coincidência do que uma decisão de design e visão de mercado. A empresa se notabilizou por lançar smartphones que são praticamente clones dos iPhones, e os modelos 15 não são diferentes: eles apenas copiam outro modelo de iPhone, mais especificamente o iPhone 7 Plus. O aparelho até mesmo conta com o leitor de impressão digital redondo e vibrante sob a tela, justamente como os iPhones.

Isso não significa que os aparelhos sejam ruins. Eles são equipados com o sistema operacional Flyme OS 7, que é uma customização específica da Meizu sobre o Android. Os modelos com tela OLED carregam uma configuração de câmera dupla com um sensor de 20 megapixels e outro de 12 megapixels, enquanto todos eles contam com uma câmera frontal de 20 MP. O modelo 15 padrão e o Lite têm bateria de 3.000 mAh e 4 GB de RAM, enquanto o Plus conta com 6 GB de RAM e bateria de 3.500 mAh.

Para quem se interessou, o modelo mais caro, o 15 Plus, custará 3.000 yuans, o que equivale a R$ 1.600. Já o 15 custará o equivalente a R$ 1.350 e o 15 Lite sairá por R$ 970 na cotação atual da moeda chinesa.

publicidade